Não tens de largar o teu emprego :: You don't have to quit your job

"Não gaste tempo, invista nele."

" O tempo é um bem precioso, por isso não o deixe passar despercebido. Em vez disso, certifique-se de que investe sabiamente no seu tempo, usando-o para lhe dar o máximo de felicidade possível. Para tal é essencial que entenda exatamente onde o seu tempo tem sido gasto e se tem investido esse tempo a fazer algo com resultados positivos e tangíveis, ou se é tempo que tem simplesmente gasto."

50 segredos das pessoas felizes, Matt Avery

Quando li este excerto, relembrei-me de uma fase da minha vida que me deixei levar pelo negativismo, por um trabalho que não me motivava e que me tirava toda a energia para as restantes horas em que não estava lá. Até que um dia percebi que o dia tem 24 horas em que 8 horas estou no trabalho, 8 horas estou a dormir (quando são 8) e tinha as restantes 8 para fazer aquilo que me apetecesse.

Não, não estou aqui a dizer que larguei o meu emprego e que estou a viver uma vida de empreendedora e cheia de sucesso. Estou a trabalhar exactamente no mesmo sítio, até porque financeiramente é compensador e estável neste momento. Mas aprendi que após sair do trabalho, o meu dia de metas e objectivos começava, cheia de força e vontade de alcançar outras coisas.

Não acredito que os actos heróicos de largar empregos sejam para todas as pessoas. Talvez um dia seja para mim, mas neste momento, não faz sentido deixar de ter uma remuneração certa. Acredito mais no organizar o meu dia, continuando a alcançar os meus objectivos, mas com uma rede de apoio.

No livro A Grande Magia da Elisabeth Gilbert, é o livro a ler se tiveres na dúvida em arrancar um novo projeto profissional ligado à criatividade. Para mim foi fundamental para arrancar com o Organiza-te. Ninguém consegue produzir conteúdos, escrever livros, iniciar um negócio, fazer um workshop se tiver contas para pagar, dividas e dificuldade em comprar as coisas básicas. Os trabalhos com remuneração certa são libertadores da nossa criatividade. Ela própria teve inúmeros trabalhos em restaurantes, cafés enquanto escrevia. Ela nunca sentiu que estes empregos eram “menores”mas sim, aquilo que permitia criar a sua arte livre de preocupações. E acabou por escrever o livro Comer, Orar e Amar que é um sucesso estrondoso.

Talvez esta história seja também a tua. Não te sintas culpado quando ouves histórias de pessoas que largaram tudo e tiveram imenso sucesso. As historias de pessoas que largaram tudo e correu mal também existem. Na minha opinião, a virtude está no bom senso. Há de haver um momento em que te vais sentir preparado para isso. Mas enquanto existe um pingo de dúvida, não arrisques. Planeia, organiza e executa. Até que seja seguro para ti e para a sua família.


“Time is precious, so do not let it go unnoticed. Instead, make sure that you invest wisely in your time, using it to give you as much happiness as possible. For that, it is essential that you understand exactly where your time has been spent and whether you have invested that time in doing something with positive and tangible results, or if it is time you have simply spent. "

The Secrets of Happy People - Matt Avery

When I read this excerpt, I remembered a phase of my life that I was carried away by negativism, by a work that did not motivate me and that took all the energy for the remaining hours that I was not there. Until one day I realized that the day has 24 hours in which 8 am at work, 8 hours I'm sleeping (when they are 8) and I had the remaining 8 to do what I wanted.

No, I'm not saying that I quit my job and that I'm living an entrepreneurial and successful life. I'm working exactly in the same place because financially it's rewarding and stable at the moment. But I learned that after leaving work, my day of goals and objectives began, full of strength and will to reach other things.

I do not believe that the heroic acts of giving up jobs are for all people. Maybe one day will be for me, but right now, it does not make sense to stop having a regular paycheck. I believe more in organizing my day, continuing to achieve my goals, but with a support network.

In Elisabeth Gilbert's The Great Magic book, it is the book to read if you are in doubt about ripping out a new professional project linked to creativity. For me, it was fundamental to start with the Organize blog. No one can produce content, write books, start a business, run a workshop if they have bills to pay, debts and difficulty in buying the basics. Jobs with a right pay are liberators of our creativity. She herself had countless jobs in restaurants, cafes while she was writing. She never felt that these jobs were "minor" but rather, what allowed her to create her art free of worries. And ended up writing the book Eat, Pray and Love which is a resounding success.

Maybe this story is yours as well. Do not feel guilty when you hear stories of people who left everything and had great success. The stories of people who dropped everything and went wrong also exist. In my opinion, virtue is in the middle. There must be a time when you will feel prepared for it. But while there is a bit of doubt, do not risk it. Plan, organize and execute. Until it is safe for you and your family.