A organização doméstica que funciona!

Este foi mais um tema partilhado por uma seguidora do Instagram. Acreditem que tem sido fantástico receber as vossas sugestões/dúvidas porque quando escrevo estes artigos, sinto que estou a responder a alguém desse lado, e tem sido uma escrita muito mais intencional e com outra motivação. Por isso, muito obrigado por estarem desse lado e contribuírem para o blogue. Esta era a dúvida:

“Gostava de ter um sistema de organização que me ajudasse a ter dias fixos para limpar, ir às compras, aspirar, pó, organizar. Não passo sem uma agenda de papel no trabalho mas em casa, já tentei aplicações mas que nunca resultam para manter uma rotina. Acha que utilize uma agenda em papel apenas para as tarefas doméstica ou aplicações? Adorava ter uma casa organizada, saber o que é o jantar o dia seguinte e ter sempre o que preciso em casa. Eu tento ser assim mas depois descamba. “

Concluindo, a dificuldade é manter um sistema de organização doméstico que consiga cumprir, assim como um local para planear, em papel ou em aplicação. Adorei esta dúvida de tal forma que ando há alguns dias a pesquisar, a reflectir sobre como ajudar, porque sinto que é muito frequente. Todos nós temos dificuldade em incluir tudo nas 24 horas e há sempre áreas que são descuradas em relação a outras. E isso não tem mal nenhum, porque como já disse muitas vezes aqui no Organiza-te, ninguém consegue fazer TUDO.

Mas também acredito na capacidade de mudança das pessoas e se for um objetivo forte para ti, quero ajudar-te a melhorar ou implementares um sistema de organização duradouro em casa. E se acreditas que isso possa ser um fator importante para diminuíres o stress diário, VAMOS A ISSO!

A organização doméstica que funciona!

A organização doméstica que funciona!


Um sistema de organização doméstica que FUNCIONa MESMO:

1.      GESTÃO DE EXPECTATIVAS. Quando temos um estilo de vida que nos permite ter muito tempo para cuidar da casa, ou temos a sorte de ter alguém que limpe e cuide da casa por nós, acredito que tenhamos expectativas muito altas. Mas quando temos um trabalho a full-time fora de casa, marido, filhos, e todo um outro conjunto de atividades, as nossas expectativas tem que ser geridas. Não podemos esperar de nós uma casa igual às que vemos nas revistas. Porque, na verdade, não é isso que mais importa. A casa tem que ser funcional. As casas de capa de revista significam que alguém as arrumou e as limpou para aquela foto. É um momento e na maioria das vezes, nem são bem casas, são estúdios. NÃO VIVE LÁ NINGUÉM. Por isso, a nossa casa não vai ser imaculada. A minha não é de certeza. Mas é limpa, organizada e tenho tudo num lugar próprio. Não perco 1 hora à procura de um papel que preciso para o dia seguinte. E isso sim, é um objetivo a ter em mente.

2.      TRABALHO DE EQUIPA. Um milagre acontece quando TODOS fazem: se vives sozinha terás mesmo de fazer tudo sozinha, mas se vives com o marido, filhos, ou com os pais, ou com companheiros de casa, se TODOS participarem, tudo flui muito melhor. E porquê? Porque sentes que não estás a ser sobrecarregada com tudo, porque vais ter mais tempo para ti e ainda assim, tens a casa mais organizada. Porque é justo que todos os que usufruem da casa sejam também responsáveis pela sua manutenção. Claro que não vamos pôr as crianças a limpar a casa toda, não é isso que estou a dizer. Mas coisas simples como ensinar onde se colocam os brinquedos depois de brincar, a partir de alguma idade, faz todo o sentido.

Acredito que sentarem-se todos à mesa e compreenderem que são demasiadas tarefas para uma pessoa só, e como é que todos podem contribuir, pode ser a melhor coisa que podes fazes por ti e pela tua família. Agora, não vale apontar o dedo a quem contribui. Às vezes, queremos muito que nos ajudem mas não gostamos nada da forma como as coisas são feitas. Tens de pensar que foi feito com vontade e para a próxima ficará melhor. Não vale a pena o perfeccionismo.

3.      AGENDA OU NÃO? Não sei se ter duas agendas, uma para o trabalho e outra para as tarefas domésticas possam ajudar muito a gerires o teu tempo. Porque tu és só uma pessoa, e teres duas agendas ainda vai dar-te mais trabalho, a preencheres uma e outra. E com isto, colocas a responsabilidade toda em cima de ti.

Aplicações no telemóvel, existe uma, a Fly Lady que pertence ao método de limpeza da Fly Lady que podem consultar aqui. O método da Fly Lady é fazer um bocadinho todos os dias e ter o fim de semana livre para outras atividades. Na aplicação podes criar checklists para todos os dias da semana e podes ir eliminando as tarefas há medida que vais fazendo. Não gosto da estética da aplicação, mas é funcional, e pode ser uma ajuda se preferires uma ferramenta digital.

4.      PLANEAMENTO: Podes também criar uma folha A4 com os dias da semana (no final da página terás um exemplo para fazer download) e percebe quais são as tarefas que podes fazer durante a semana, e quem faz o quê. Eu acredito que fazer um bocadinho todos os dias, faz toda a diferença, mesmo se quiseres continuar a ter o dia da limpeza ao sábado ou ao domingo. Exemplo: se todos os dias tirares 10-15 minutos do teu serão para passares pelas divisões e arrumares coisas no sítio, quando chegar a altura de limpares será muito mais FÁCIL. Se um dia da semana, sais mais cedo do trabalho ou tens o marido em casa à mesma hora, que pode ajudar com os miúdos ou com o jantar, planeia por exemplo, limpar o pó da casa, ou mesmo coisas mais simples como mudar toalhas, arrumar uma divisão ou limpar uma casa de banho. Coisas que consigas fazer em 15 minutos no máximo. Porque também sei que, os finais de dia são caóticos e o cansaço é imenso. O sofá e a cama chamam mais por nós do que o pano do pó. Por isso, não te sobrecarregares. Mas pensa que estes 15 minutos a mais podem dar-te algum alívio ao fim de semana, para que descanses MESMO.

5.      DESTRALHAR: Arrumar tralha não é compatível com uma vida cheia de compromissos. O conceito de tralha são itens que temos, mas não nos servem. Não têm utilidade nas nossas vidas. Eu sei que destralhar parece estar na moda, mas não é verdade. Se queres facilitar e simplificar as tarefas domésticas, tem apenas o essencial em casa. Não é para fazeres um fim de semana de Marie Kondo e tirares tudo para fora dos armários e mandares fora ou doares tudo o que tens. É simplesmente começares a ter uma ideia mais consciente do que tens, do que não faz falta, e aos poucos ires tirando de casa, coisas que não te servem, mas apenas te dão mais trabalho e mais stress. Uma gaveta de cada vez, é melhor que nunca destralhares.

6.      DEDICA UM DIA OU UMA TARDE DO FIM DE SEMANA A TI: se sentires que retiras sempre dos teus momentos de descanso para tratares da casa, e que no fim, nunca descansas, nunca terás motivação para organizares. O pensamento vai ser sempre: eu trabalhei a semana toda, eu tenho direito a descansar. E TENS! Claro que sim. Por isso, se não colocares no teu calendário um dia de folga sem tarefas domésticas e sem coisas obrigatórias a fazer, vai-te parecer sempre que não descansas. Por isso, é que a motivação se desvanece. Se conseguires incluir 10-15 minutos nos dias de semana para ires organizando as coisas, e diminuíres a carga de tarefas nos teus dias de folga, vais sentir finalmente alívio e que estás verdadeiramente a descansar, sem culpas porque tens coisas para fazer. E isso, vai dar-te mais motivação durante a semana. E assim consegues manter uma ROTINA - o maior segredo para manteres um sistema de organização doméstica que FUNCIONA.

7.      COMPRAS ONLINE: Foi a melhor invenção de todos os tempos e eu utilizo todas as semanas. Todas as quartas feiras faço o meu pedido de compras online e na sexta feira à tarde vou buscar ao supermercado, onde me esperam com o carrinho já pronto. É fantástico. Não imaginas como me aliviou o fim de semana. A fruta e legumes compro numa mercearia perto de casa.

Espero que aproveitem estas dicas e partilhem as vossas dicas de organização para, não só ajudarmos esta leitora, mas todas as pessoas que possam ter a mesma dificuldade. E eu já tive imensas dificuldades nesta área também. O que importa é adaptarmos-nos e ter vontade de experimentar novos métodos que facilitem os nossos dias. Aqui fica o exemplo de planeador que podes imprimir e preencher em família. Deixei o domingo de fora propositadamente. Para que o domingo seja de planeamento LIVRE. E de descanso para todos em casa.